Hudson Henrique.
Tentando ser tudo no meio do nada. Sendo um nada no meio de tudo, entre todas as outras casas.
Capa Textos Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links

 
Textos
Inquilinos
A improvável impossibilidade de haver mais pessoas nesse recinto,
acho nula.

São sou inquilinos.

Acho nua.

Acho a sua mão pra me guiar,
dentro da tua escuridão.

Acho suja.

Moramos dentro da mesma casa,
dentro da mesma pessoa
que nos mantém
presa.

Acho tarde,
melhor ir dormir.
Hudson Henrique
Enviado por Hudson Henrique em 19/09/2020
Comentários
Somos todos Anjos bêbados demais pra voltar p... R$16,90 Madrugada adentro como essas, costumam me pux... R$14,99 Todas as músicas que nunca cantei. R$14,99
Capa Textos Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links