Hudson Henrique.
Tentando ser tudo no meio do nada. Sendo um nada no meio de tudo, entre todas as outras casas.
Capa Textos Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links

 
Textos


Pra quando a rádio FM tocar sua voz.

Penso no teu rosto pra não enlouquecer,
mas enlouqueço.

Te esqueço pra não te tornar,
mas não te esqueço.

Te remendo,
te quebro como vidro.
E me corto colocando um curativo.

Te solto dentro dos versos
das palavras de um livro.
Mesmo assim...
te leio.

Você corre,
se esconde,
mesmo assim te acho.

Te procuro em cada casa,
cada esquina,
em cada cisco que do olho tirou. (caia)

Em cada disco, tento te escutar,
cada centímetro do andar da agulha,
tento te procurar em uma letra musical,
em uma melodia qualquer.

Finalmente,
somos só poesia agora.

- Hudson Henrique.

Da obra: Madrugada adentro - Disponível para compra no Amazon Kindle! Ou no site oficial: hudsonoficial.com
Hudson Henrique
Enviado por Hudson Henrique em 10/01/2021
Comentários
Somos todos Anjos bêbados demais pra voltar p... R$16,90 Madrugada adentro como essas, costumam me pux... R$14,99 Todas as músicas que nunca cantei. R$14,99
Capa Textos Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links