Hudson Henrique.
Tentando ser tudo no meio do nada. Sendo um nada no meio de tudo, entre todas as outras casas.
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links

 
Textos
Máquina-de-escrever-mulher.

Cada poema feito nessa máquina de escrever é uma mulher que perco.
Cada explicação que me pedem,
cada "quem" cada "qual".

Cansei de explicar.

Ficar sozinho,
talvez,
seja a melhor solução,
pelo menos no momento.
Assim não preciso perder meu tempo arrumando erros que poderiam nunca ter existido.

Por que tão complicadas?
Um quebra cabeça que nem todos tem coragem de montar.
Uma criança com um brinquedo com medo de estragar.
 
Hudson Henrique
Enviado por Hudson Henrique em 01/05/2021
Comentários
Somos todos Anjos bêbados demais pra voltar p... R$16,90 Madrugada adentro como essas, costumam me pux... R$14,99 Todas as músicas que nunca cantei. R$14,99
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links