Hudson Henrique.
Tentando ser tudo no meio do nada. Sendo um nada no meio de tudo, entre todas as outras casas.
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links

 
Textos
Pronunciário.

Pessoas acham que inteligência emocional é saber ignorar certas coisas, abstrair ofensas.
Estão errados.

Passei anos de minha vivencia se subvertendo,
se retraindo e se auto diminuindo quando me apontavam o dedo.
Eu só pude levar uma vida melhor quando aprendi que apenas ofende aquilo que tomo pra mim. Só irá me julgar o que acho que me serve.
Veneno só faz mal quando se bebe.

E, hoje, as suas palavras não me pertencem.
As sílabas, pronunciadas de sua boca,
caem em um limbo infinito do qual é devolvida a quem lhe falou.
Porém, quem somos e quem sou?; pra deferir tamanho rancor em palavras rasgadas e amanhecidas em cima de sua mesa de manhã.

Pessoas, pessoas que vejo; pessoas que caminham,
que dirigem, que vão a lugares,
não se importam com outras da mesma espécie,
não lhe convém atos direitos, esboços boçais dentro de rascunhos adentro
e atos sem importância sem antes de se perder em si mesmo.

Poesia da obra: "Sardas&Mostardas"

           
   Onde me encontrar:
Site oficial: hudsonoficial.com
Hudson Henrique
Enviado por Hudson Henrique em 20/05/2021
Alterado em 20/05/2021
Comentários
Somos todos Anjos bêbados demais pra voltar p... R$16,90 Madrugada adentro como essas, costumam me pux... R$14,99 Todas as músicas que nunca cantei. R$14,99
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links